quarta-feira, maio 31, 2006

Vale tudo...


Em Vegas vale tudo. Vale beber na rua sem ter que usar o saquinho de papel,vale fumar em espaços fechados, vale usar uma t-shirt como vestido, vale andar de chinelo nos casinos.

É a cidade do pecado, dezenas e dezenas de homens distribuem pequenos flyers com meninas em trajes reduzidos, respectivos telefones e preço.

O trânsito na Strip é caótico a qualquer hora do dia, as filas dos taxis formam-se na entrada principal de todos os casinos.

És bem recebido, independentemente de vestires o ultimo grito da Chanel ou vestido da Zara.

As slots estão sempre a facturar. É realmente viciante. Pões 5 ganhas 10, jogas os 10, ganhas 20, jogas os 20 e perdes tudo. Tá mal, ja tinha dado pra pagar o jantar!!!

Enfim é outro mundo, é outra realidade..

Onde é que eles andavam??



Só faltou o Gang "Oceans Eleven" para ser um autêntico filme!!

Ainda chamei pelo Brad e pelo George mas eles nada!!!

NY, Paris, Veneza 2 hours tour!!

Se queres ver NY, Paris e Veneza em duas horitas vai a Las Vegas!!!

Parque de diversões para adultos com dinheiro aka Las Vegas..





Cinco horas e qualquer coisa de viagem, debaixo de um sol escaldante no meio do deserto. É dose mas é uma experiência única.
Antes de Vegas paramos em Calico, também conhecida como ghost town. De fantasma já tem muito pouco visto que foi transformada em atracção turística!!!

A fome começou a apertar e paramos no típico Diner.. Lindo. Tal e qual como nos filmes. As mesas, os vestidos das empregadas, as fotos do Elvis e da Marilyn espalhadas pelas paredes, tudo. O belo do hamburger e da apple pie fizeram parte do almocinho, regados com Coca Cola. Na América sê americano (e dá cabo da dieta!!!)

De barriguinha cheia lá voltamos nós para o meio do nada e finalmente chegamos.
Las Vegas da diversão, dos excessos, das luzes, dos dados, da sorte ou do azar resume-se a uma rua, a Las Vegas Strip Boulevard ou The Strip para os amigos. São quase 7 km de Casinos e Hoteis.

Mau tempo em San Diego.

Quem foi o primeirinho a chegar a Califórnia quem foi???




João Rodrigues Cabrilho. Ah pois é, um Português.
Este senhor foi o primeiro a pisar o território da Califórnia ao serviço da Coroa Espanhola em 1542.

Começou assim...


Passeios pelas praias da zona, as melhores atracções de San Diego!!!

terça-feira, maio 30, 2006

"Enquanto o meu patrão fizer de conta que eu ganho bem, eu faço de conta que trabalho muito!!!!!!"

terça-feira, maio 23, 2006

Quero um "cimbalino" faz favor..

Vai pra mais de um mês que não tomo um café..
Isto que eles aqui tomam não é cafe, é água corada e só vai la mesmo com leite.
Nos primeiros tempos ainda tomei pra ver se disfarçava mas agora já não dá..

Comer de faca e garfo???

Pois é estes americanos não sabem o que isso é!! Com as mãos e de boca aberta tudo bem,agora de faca e grafo é que não. Mesmo quando precisam da faca, primeiro cortam, e depois comem tudo só com o garfo.. Não têm maneiras..

Bush: o assunto do momento...

É um dado curioso mas muitas das conversas de sexta e sábado à noite acabam por ter um assunto em comum: o sr Bush. A minha pergunta é sempre a mesma: Como é que o elegem? A resposta não prima pela originalidade: Nós aqui na California somos anti Bush. E depois eles começam a desbobinar e desenrolam uma lista de motivos pelos quais não votam nele, e dizem mal dos americanos do centro do país etc e tal . É assim que tenho aprendido muito sobre esta gente..
Isto tudo só para vos apresentar os intervenientes das tertúlias de sexta a noite!!!
A Danielle (a loira, trabalha comigo adora ouvir Mariza e é filha de mafiosos Italianos oriundos de NY),o Jenna (Finlandês, noivo da Danielle, que esteve em Portugal e conhece o pai João) O Chris AKA Bee Gee (californiano, estudou em O.C e trabalha comigo), o Brian (Canadiano, com idade pra ter juízo e é o maior animador do Lab). Na segunda foto temos também outro finlandes, nao me lembro do nome, a Shelby (primeira a contar da esquerda, uma maluca, amiga da Danielle, vai trabalhar pro Brasil em Novembro. Diz que lá se sente rainha porque tem bunda grande!!), e a Vanessa também amiga da Danielle.

domingo, maio 21, 2006

Praia em Maio..












Uma multidão de gente na praia.. Muita cerveja, jogos e churrascos. Esta gente faz tudo na praia menos apanhar sol na horizontal!!!
Se em Maio a praia está assim em agosto não vai haver lugar para pôr a toalha!!

Voltando à moda feminina

Os calções assim pro curto combinados com sapato de salto alto são a última moda aqui!! Coisa linda..
De referir que os sapatos são na maioria da vezes um número acima..

...

Vai para o céu a menina...

As camisas...

Chega de falar das roupas das cachopas.
Os rapazes, senhores e meninos de San Diego também se aprumam para ir para à disco dance!Pois é... Vestem a bela da camisa, despejam um frasco de perfume e propavelmente treinam o discurso que vão apresentar a todas as mulheres que encontrarem durante a noite. Ora tudo isto estaria muito bem, não fora o facto das camisas em questão serem as mais feias que alguma vez vi.. As riscas estão na moda, mas também há quem prefira coisas mais floridas. O tecido, esse então, é de bradar. Imitações de seda, aos montes, licras para colar ao corpo, também já vi.
Contam-se pelos dedos de uma mão as camisas minimamente apresentáveis que já passaram por mim..
Ficam prometidas fotos porque não é fácil imaginar ....

sexta-feira, maio 19, 2006

Que dia...

Ate agora o dia nao foi grande coisa, muito trabalho e pouca concentracao para o fazer. Resultado desta combinacao: repetir varias vezes a mesma coisa..
Perdi o comboio das cinco e meia. Que chatice nunca mais chego a casa..
A unica coisa a recordar foi o magnifico almoco num restaurante Argentino pago pelo chefinho!!!
Bem vou ver se apanho o quim das seis..

quarta-feira, maio 17, 2006

Town won't let unmarried parents live together

BLACK JACK, Missouri (AP) -- The City Council has rejected a measure allowing unmarried couples with multiple children to live together, and the mayor said those who fall into that category could soon face eviction.
The town's Planning and Zoning Commission proposed a change in the law, but the measure was rejected Tuesday by the City Council in a 5-3 vote.
The current ordinance prohibits more than three people from living together unless they are related by "blood, marriage or adoption." The defeated measure would have changed the definition of a family to include unmarried couples with two or more children.
Mayor Norman McCourt declined to be interviewed but said in a statement that those who do not meet the town's definition of family could soon face eviction.
Olivia Shelltrack and Fondrey Loving were denied an occupancy permit after moving into a home in this St. Louis suburb because they have three children and are not married. I'm just shocked," Shelltrack said. "I really thought this would all be over, and we could go on with our lives."

Os Deuses devem estar Loucos ...

Não vá a malta esquecer-se..


Aviso encontrado na porta da casa de banho de um restaurante situado em plena Rodeo Drive - Beverly Hills..
Deve ser moda porque no WC da Diversa Corp. também há um parecido com este..

terça-feira, maio 16, 2006

Mundos tão diferentes






Este fim de semana peguei na mochila e fui para LA a procura do sol e de diversão.
A primeira paragem foi em Venice Beach. Amigos aquilo é outro mundo. Não sei de onde saiu aquela gente. Infelizmente não consigo transmitir o que vi em breves palavras, só vos digo que em Venice não há modas, não há o certo e o errado. Para terem uma ideia imaginem um calçadão com lojas de um lado (principalmente casas de tatuagens, nunca vi tantas tao juntas) e artistas do outro.Entenda-se que estes artistas não são só pintores, escultures e músicos, também há cartomantes e muitos maluquinhos que não sabem o que fazer e ficam ali a ver passar a banda enquanto esperam que lhes caia um dolar no boné !
Daqui segui para Santa Mónica, zona mais rica, muitos turistas e a célebre roda gigante. Vi a verdadeira Pamela a tomar conta dos que se aventuravam a um mergulho nas águas geladas do Pacífico. Tiradas as fotos da praxe, meti-me no trânsito de LA e fui a Bel Air e a Beverly Hills.
Nunca visto meus senhores. Casas grandes já vi muitas mas mansões daquelas foi a primeira vez. É de ficar de boca aberta. Tanta riqueza ali concentrada em meia duzia de milhas..
Beverly também só é bonito para passear e ver as montras na famosa Rodeo Drive, porque aquilo não é para o nosso bolso.
Já que estavamos nas redondezas demos um saltinho a Hollywood. Tiramos muitas fotos mas concluimos que a terra dos artistas pouco tem para se ver.
Quanto a LA propriamente dita, não gostei muito, mas vou voltar e ver melhor...

quarta-feira, maio 10, 2006

Bird Flu

Não chegou aos states mas eles ja andam doidos.. Os telejornais todos os santos dias falam na gripe das aves e vejam lá até fizeram um filme que passou hoje na TV- "Fatal Contact: Bird Flu in America,".
O filme é pura especulação, não passa de um e se ... Pinta um cenário negro e pelo que li conseguiu assustar a população.

I'm watching you!!!

O que mais se vê por estas bandas!!






Não, não estou a falar de Mc donalds, Pizza Hut, Lojas da Nike, Yellow cabs ou Starbucks estou a falar de Palmeiras!!!
Em segundo lugar das mais vistas estao as miúdas histéricas, depois os mexicanos e só depois o starbucks. Lembrem-se, há um SB em cada esquina..

terça-feira, maio 09, 2006

Um fenómeno chamado craigslist

Vais mudar de casa, estás farto do teu sofá, tens peças de carros, bilhetes para o circo ou bicicletas para vender?
Põe um anúncio na craigslist!!
Aqui vende-se, oferece-se, conversa-se .... e tudo e tudo...
Só descobri esta maravilha pouco antes de vir para os states... pena nao haver isto em Portugal!!!

Novidades!!

Não, nao é Sobral de Monteagraço que vai ter outro parque infantil!!!
Vila Mea Party House vai ter aquecimento central!!!
Vemo-nos lá!!!!

sábado, maio 06, 2006

Viva México! ¡Viva Juárez! Viva el 5 de mayo!


Faltou-nos um bocadinho assim!!!

Se o Juárez visse isto!!!

Freds - O bar mexicano

Vista do altitude


O texto que se segue é um bocadito grande, mas deviam ler!!!

El 5 de mayo de 1862, los cañones resonaron y los rifles dispararon y más de (1,000) mil soldados franceses cayeron muertos. Los mexicanos habían ganado la batalla, pero no la guerra. SLos mexicano-americanos celebran el 5 de mayo, especialmente en los estados de California, Arizona, Nuevo México y Texas. Los habitantes de estos estados tuvieron una participación muy importante y contribuyeron al derrocamiento del Imperio de Maximiliano de Habsburgo (de Austria). La Monarquía Imperial fue impuesta desde 1864 hasta 1867 en México por Napoleón III Emperador de Francia (sobrino de Napoleón Bonaparte) y por el grupo conservador mexicano del "Club de Notables". in embargo, esta fecha es la que simboliza el valor mexicano ante una armada tan formidable.
El 5 de mayo es una fiesta nacional mexicana. El campo de batalla es ahora un parque en Puebla con la estatua del General Zaragoza montado a caballo. Uno de los fuertes es ahora un museo de historia que describe a escala con soldados de juguete lo ocurrido durante la Batalla de Puebla. Pero es en los Estados Unidos de América donde se celebra de una forma más festiva con desfiles, música, bailes folclóricos y comida. Estas festividades son para recaudar fondos para obras benéficas y como demonstración de la solidaridad que existe entre los mexicano-norteamericanos.
Ora aqui os americanos querem é festa!!! Mais de metade não sabe o que aconteceu a 5 de Maio..
Nós aproveitamos e fomos ver como era.
Começamos pelo Altitude, bar no ultimo andar de um hotel com vista para o Petco Park onde por acaso estava a decorrer um jogo de baseball. Terminada a Margarita rumamos às ruas do Gaslamp Quarter para ver como estava o ambiente. Fantástico é a palavra. Visto que a festa era em honra do méxico resolvemos entrar num bar mexicano, só porque a malta estava toda de sombrero e nós também queriamos um. E assim foi um chapéu e umas maracas para cada uma. Continuamos na onda das margaritas, desta vez uns verdadeiros baldes!!! A certa altura começamos a ouvir uns acordes que nos eram familiares, adivinhem. a musica dos patinhos!! É verdade!!! foi só rir e ver o bar a olhar para a nossa coreografia!!!!
Para acabar a noite escolhemos o Rock bottom. Já nao era cedo (meia noite e meia) mas ainda conseguimos ouvir dois ou tres clássicos dos anos 80.
Como diz a Raquel, foi uma noite bem passada!!!

quinta-feira, maio 04, 2006

Anedota do dia!!!

Diz um miúdo para o outro:
- Vamos brincar??
- Vamos, mas a quê??
- Aos Funcionários Públicos!!!!
- E como é que é !!!!
- Então, o primeiro que se mexer, perde ! ! ! !

Pior era difícil!!!!

O sr do bigode..

Este post é especialmente dirigido a todas as natinhas.
O contacto transforma as pessoas e a prova-lo está o sr do bigode,
VEJAM http://blogdoemigrante.blogspot.com/

terça-feira, maio 02, 2006

“Day Without Immigrants”


Illegal immigrants and their allies gathered Monday for marches, prayers and demonstrations on a planned national day of economic protest, boycotting work, school and shopping to show their importance to the country.
From Los Angeles to Chicago, New Orleans to Houston, the “Day Without Immigrants” attracted widespread participation despite divisions among activists over whether a boycott would send the right message to Washington lawmakers considering sweeping immigration reform.
Police estimated 300,000 people marched through Chicago's business district, and hundreds of thousands more were expected at rallies in New York and Los Angeles. Smaller rallies were planned in more than 50 other cities across the nation.
in San Diego Union Tribune

segunda-feira, maio 01, 2006

Country Music..

Sábado à noite rumamos ao restaurante/bar Portugalia (propriedade de Jason Manoel Nascimento) para ver a actuaçao da banda do Jonh. Algures no restaurante havia uma pintura de um galo de Barcelos, um quadro da última ceia de Cristo e bandeiras e cachecóis de Portugal!
Da ementa faziam parte linguiça, bolinhos de bacalhau (caríssimos), caldo verde e outros petiscos.
No meio deste ambiente luso, meninas meias vestidas passeavam as suas texanas e os chapeus à cowboy.
As músicas a mim pareceram-me todas iguais, aliás sempre que começava uma eu perguntava à Raquel :"Já não ouvimos esta hoje?"
O sr que estava mais perto do micro parecia que tinha uma mola no nariz, no entanto conseguiu animar a plateia, que rapidamente começou a bater o pezinho no chão ao som da música.
A mim não me convenceu e definitivamente country não é o meu estilo, mas fica a experiência.

Passeio de Domingo!!! La Jolla...